A minha vida num Psi...

Novembro 22 2008

De cabeça erguida, fresca e feliz por ser sexta feira! É um dia que adoro! E adoro passear, visitar amigos e passear com os amigos! Dedico a sexta feira a actividades sociais.

Mas, continuando... lá ia eu toda lampeira! Saia rodada laranja, sweat-shirt a condizer, sapatinho novo (oferecido pelos meus colegas do meu local de trabalho... obrigada.. são liiindos!), óculos escuros (pró estilo! Nãaaaa estava sol!), decidida... e lá ia subindo o chiado. Resolvi atravessar na passadeira... e qual não é o meu espanto quando, ao passar a estrada passo por cima do respirador do parque de estacionamento subterrâneo e o maldito vento resolve pregar-me uma partida! Sopra o vento e, qual Merlin Moroe, a saia sobe até ao meu acto reflexivo de sustentação da dita com as mãos! Foi embaraçoso, mas não pude deixar de me rir à gargalhada sozinha no meio da rua. (Mais um momento embaraçoso!) Um Sr. que ia a passar também se riu muito!É verdade que foi embarçoso, mas foi engraçado porque era um deja-vu cinéfilo.

Talvez me venha a sentir envergonhada, mas hoje sorrio. Será porque se aproxima uma época em que somos mais condescendentes com as pessoas, inclusivé connosco próprios? É capaz de ser!

Mas, continuo a não gostar do vento!

Publicado por Larissa às 22:16

Quando estive em Paris durante um mês, em Julho de 1974 (como o tempo passa) verifiquei que um grupo de jovens circundava qualquer casal que passasse, de modo a obrigá-los a passar por local idêntico ao que passaste.
Pois bem, verifiquei que s casais nada se importavam, cumpriam como se de um ritual se tratasse e toda a gente sorria. As meninas nem tentavam sequer qualquer gesto que contrariasse o acontecimento
Eu é que, vindo da tacanhez portuguesa - apesar do ambiente coimbrão algo ter modificado - fiquei a meditar na naturalidade com que tudo funcionou...
Nenhum mal veio ao Mundo e todos sorriram... como, seguramente, sorrirás também.
Agora, sendo sábado, digo também: bom fim de semana.
Manuel Luís a 22 de Novembro de 2008 às 23:05

Sorrir vai ser o que vai acontecer a quem por aqui passar e ler :) Eu provavelmente teria ficado da cor da saia! Mas como os momentos embaraçosos numa ou noutra altura sempre espreitam, temos mesmo que aprender a rir deles.
engel a 23 de Novembro de 2008 às 12:17

Eheheheh Isso também me aconteceu na sexta... mas estava de calças

Olha que boa ideia!! O dia dos amigos !! Deviam decretar sexta como dia dos amigos e deixar o pessoal sair todo mais cedo para passear e lanchar com os amigos!! Isso é que era!!
É pá que boa ideia
Saяa a 23 de Novembro de 2008 às 20:12

Ainda bem que hoje você ri. Mesmo assim, não precisava ter se sentido envergonhada, bastava ter percebido que havia sem nem mesmo imaginar se transformado na "Marilyn Monroe do terceiro milênio". Além do mais, quem não se lembra com carinho da cena do filme? E quantos comercais de TV já se fez imitando exatamente aquela cena? É a fama de Holywood batendo à sua porta!!! Aproveite!!!
;o)
Um grande abraço do Marco.
propagandaearte a 24 de Novembro de 2008 às 20:54

O modo como eu vejo o mundo... Tão condicionado como o de qualquer outra pessoa.
Pesquisar neste blog
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

16
17
18
19
20
21

23
24
25
27
28