A minha vida num Psi...

Junho 22 2009

Este ano decidi... não vou fazer o que é habitual... e fiz o que me é familiar! O mesmo de sempre!...

Blá, blá, blá... até quando dizemos que vamos mudar e não mexemos uma palha para o fazer? Damos-lhe uma corzita, mudamos a forma, o caminho tem mais contornos, mas no essencial ficamos na mesma.

Dizia-me uma amiga.... blá, blá,blá (no essencial são todos estúpidos menos eu e ela)... dizia-lhe eu... és teimosa e orgulhosa e isso não te leva a lado algum (no essencial repetes os mesmos erros)... retorquiu-me.... não sou nada!... Passadas duas horas dizia-me "agora já não faço, nem digo que já não faço" ao que eu lhe chamei à atenção... "Lá estás tu a ser orgulhosa". Corou! Parou e olho-me nos olhos. Rimo-nos à gargalhada.

Mas tal como ela...eu faço o mesmo! Noutros moldes, mas espelho-me e espalho-me ao comprido no exemplo dos outros... Será por prazer, por masoquismo ou por falta de coragem?

Acho que é pelos três.

Prazer em fazer o que sempre fiz! Assim, o meu corpo não se queixa das mudanças que não faço e que iriam provocar desequilíbrios na homeostase interna.

Masoquismo porque de que outra forma um adulto pode repetir padrões de castigo infligidos a si mesmo se já não é criança e ninguém o castiga?!

Falta de coragem porque aquele desejo e aquele masoquismo já me são familiares e tenho medo de os perder ou de ter ainda mais se me decido a modificar alguma coisa.

Publicado por Larissa às 11:37

Minha querida amiga, não se costuma mexer na equipa vencedora!!!!
Beijo
tufo a 1 de Julho de 2009 às 19:44

O modo como eu vejo o mundo... Tão condicionado como o de qualquer outra pessoa.
Pesquisar neste blog
 
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

29
30